Pular para o conteúdo principal

Diferenças entre Queijo Minas Frescal e Ricota


Queijos sempre fazem parte da alimentação dos brasileiros, ricos em proteínas é uma ótima opção no nosso cardápio. Por fazer parte da nossa rotina e para agradar diferentes paladares e diferentes necessidades a indústria disponibiliza vários tipos diferentes com preparos e composições bem particulares e diferentes entre si. Comentarei um pouco sobre dois tipos que são opções quando o assunto é dieta: queijo minas frescal e ricota.

Primeiramente, vale ressaltar que ambos tem como base o leite com uma diferença que a seguir vou explicar.

O leite é rico em proteínas de alto valor biológico, e suas proteínas podem ser classificadas como caseína (80%) e as proteínas do soro do leite (20%).  Uma boa diferença entre as duas proteínas é que a caseína na presença de ácidos tem a capacidade de coagular, já as proteínas do soro do leite não. O soro do leite é conhecido pelos esportistas como o “whey” (vindo da língua inglesa).
Como no processo dos queijos há a adição de ácidos para que haja a coagulação da caseína e assim a formação de uma massa, sobra-se o soro do leite que não coagula. Durante muito tempo esse soro foi desperdiçado, mas décadas atrás foi descoberto o seu rico valor nutricional e o mesmo começou a ser utilizado pela indústria alimentícia.

Voltando as diferenças dos queijos: O queijo minas é tipicamente brasileiro, e é produzido a partir da coagulação do leite filtrado e pasteurizado, Já a ricota que é tipicamente italiana é produzida, atráves da acidificação do SORO do leite, que por conter maior concentração de proteínas como a lacoglobulinas, precipitam e forma uma massa que dá origem a ricota.

Essa diferença na composição e processamento é que gera diferenças na composição dos dois queijos, veja a tabela abaixo:

Tabela comparativa de composição nutricional – informações para 100g
Queijo, ricota
Queijo, minas, frescal
Energia
139,7
264,3
Proteína
12,6
17,4
Lipídeos
8,1
20,2
Colesterol
48,7
62,0
Carboidrato
3,8
3,2
Fibras
Não contém
Não contém
Cálcio
253,2
579,3
Magnésio
11,8
6,9
Fósforo
161,5
123,3
Sódio
282,6
31,2
TACO: Tabela de composição de Alimentos – UNICAMP – 2011.

Podemos perceber que o queijo minas frescal possui maior quantidade de calorias, proteínas, gorduras, colesterol e cálcio, quando comparamos o consumo para 100g com a ricota. Não fique triste caso prefira o sabor do queijo minas, uma estratégia é usar uma porção menor comparada a ricota, por exemplo 30g de queijo minas, e para quando temos a necessidade de comer um pouco mais, usa-se a ricota numa porção maior que a do queijo minas frescal, como por exemplo 50g.

Veja a tabela abaixo comparando um consumo de 50g de ricota x 30g de queijo minas frescal:
Queijo, ricota
Queijo, minas, frescal
PORÇÃO
50g
30g
Energia
69,9
79,3
Proteína
6,3
5,2
Lipídeos
4,1
6,1
Colesterol
24,4
18,6
Carboidrato
1,9
1,0
Fibras
Não contém
Não contém
Cálcio
126,6
173,8
Magnésio
5,9
2,1
Fósforo
80,8
37,0
Sódio
141,3
9,4
TACO: Tabela de composição de Alimentos – UNICAMP – 2011.

Sendo assim, ambos podem ser consumidos na nossa dieta, apenas devemos nos atentar as porções.


Nutricinista Clínica-Esportiva Vanessa Lobato

Postagens mais visitadas deste blog

Café

Cafézinho! Eu amo!

Posso dizer que é o meu ponto fracos pois amo esta bebida! 
Tomo sem adoçar, pois o sabor é maravilhoso!!! =)
Como muitos brasileiros tem o hábito de consumir diariamente, vou descreve um pouco sobre essa bebida e as suas propriedades!



Qual a composição dessa bebida?
  O mais conhecido componente dessa saboroza bebida é a cafeína, entretanto, há outras substâncias como as lactonas, a celulose que estimula os intestinos; os minerais, que são aproveitados no organismo; os açúcares que dão o toque final ao sabor; e o material lipídico, responsável pelo aroma. Restam ainda as proteínas, que formam a tinta e dão cor ao café, e o tanino que interfere no sabor.


Especificações e Certificação do café:
Muito lemos sobre as propriedades do café, porém esquecemos que para a realização de um estudo a utilização de uma boa matéria-prima é essencial. Quando verificamos uma boa propriedade de um alimento é importante verificar a procedência desse, assim como quando verificamos uma efeit…

Cuidado! Nem todo alimento com alegação de ser integral contém SOMENTE carboidratos INTEGRAIS

O que são alimentos integrais?
Não há uma legislação específica que defina como deve ser um produto integral, mas o Ministério da Saúde considera alimento integral aquele que sua estrutura não foi alterada, mantendo integridade de seus nutrientes sem perder os valores quantitativos e qualitativos. E por isso muitos se confundem com a grande oferta de opções de integrais na prateleira.
Bora desconfundir?
Considere um pão integral ou biscoito integral ou macarrão integral aquele que contiver na sua composição FARINHA DE TRIGO INTEGRAL! Melhor ainda se não tiver associado a farinha de trigo refinada.
Muitos pães são feitos com farinha de trigo refinada e com a adição de alguns cereias, o mais comum é a fibra de trigo. Isso faz com que o teor de fibras do pão aumente, porém não faz com que esse pão seja considerado integral, nem que tenha um índice glicêmico mais baixo.
Exemplos de Macarrão com Farinha de trigo refinada com adição de algum cereal integral para se caracterizar como integral…

Whey Protein

atualizado 01/07/2012

Atualmente, exercício físico é à base de qualquer programa de prevenção de doenças, de manutenção da saúde e de melhora do bem-estar físico.
Mas, algumas pessoas querem mais do que estar saudável querem ficar Sarados!!! Quando essas pessoas chegam à academia com o objetivo de hipertrofia, emagrecimento, ou "secar" = reduzir somente tecido de gordura - logo vão ouvir a indicação de que deverá tomar suplemento protéico, e o mais indicado dos suplementos é o Whey Protein.
Mas, o que é esse tal de WHEY PROTEIN?
Whey protein é um suplemento alimentar proveniente do leite. Que pode ser extraído do soro do processamento de queijos ou os mais recentes que são extraídos diretamente do leite.

Curiosidade: São necessários de 200 a 2000 litros de leite para produzir 1 kg de whey protein.

Segundo a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Alimentar, suplementos alimentares são ALIMENTOS especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física (...)
IM…