Pular para o conteúdo principal

Diferenças entre Queijo Minas Frescal e Ricota


Queijos sempre fazem parte da alimentação dos brasileiros, ricos em proteínas é uma ótima opção no nosso cardápio. Por fazer parte da nossa rotina e para agradar diferentes paladares e diferentes necessidades a indústria disponibiliza vários tipos diferentes com preparos e composições bem particulares e diferentes entre si. Comentarei um pouco sobre dois tipos que são opções quando o assunto é dieta: queijo minas frescal e ricota.

Primeiramente, vale ressaltar que ambos tem como base o leite com uma diferença que a seguir vou explicar.

O leite é rico em proteínas de alto valor biológico, e suas proteínas podem ser classificadas como caseína (80%) e as proteínas do soro do leite (20%).  Uma boa diferença entre as duas proteínas é que a caseína na presença de ácidos tem a capacidade de coagular, já as proteínas do soro do leite não. O soro do leite é conhecido pelos esportistas como o “whey” (vindo da língua inglesa).
Como no processo dos queijos há a adição de ácidos para que haja a coagulação da caseína e assim a formação de uma massa, sobra-se o soro do leite que não coagula. Durante muito tempo esse soro foi desperdiçado, mas décadas atrás foi descoberto o seu rico valor nutricional e o mesmo começou a ser utilizado pela indústria alimentícia.

Voltando as diferenças dos queijos: O queijo minas é tipicamente brasileiro, e é produzido a partir da coagulação do leite filtrado e pasteurizado, Já a ricota que é tipicamente italiana é produzida, atráves da acidificação do SORO do leite, que por conter maior concentração de proteínas como a lacoglobulinas, precipitam e forma uma massa que dá origem a ricota.

Essa diferença na composição e processamento é que gera diferenças na composição dos dois queijos, veja a tabela abaixo:

Tabela comparativa de composição nutricional – informações para 100g
Queijo, ricota
Queijo, minas, frescal
Energia
139,7
264,3
Proteína
12,6
17,4
Lipídeos
8,1
20,2
Colesterol
48,7
62,0
Carboidrato
3,8
3,2
Fibras
Não contém
Não contém
Cálcio
253,2
579,3
Magnésio
11,8
6,9
Fósforo
161,5
123,3
Sódio
282,6
31,2
TACO: Tabela de composição de Alimentos – UNICAMP – 2011.

Podemos perceber que o queijo minas frescal possui maior quantidade de calorias, proteínas, gorduras, colesterol e cálcio, quando comparamos o consumo para 100g com a ricota. Não fique triste caso prefira o sabor do queijo minas, uma estratégia é usar uma porção menor comparada a ricota, por exemplo 30g de queijo minas, e para quando temos a necessidade de comer um pouco mais, usa-se a ricota numa porção maior que a do queijo minas frescal, como por exemplo 50g.

Veja a tabela abaixo comparando um consumo de 50g de ricota x 30g de queijo minas frescal:
Queijo, ricota
Queijo, minas, frescal
PORÇÃO
50g
30g
Energia
69,9
79,3
Proteína
6,3
5,2
Lipídeos
4,1
6,1
Colesterol
24,4
18,6
Carboidrato
1,9
1,0
Fibras
Não contém
Não contém
Cálcio
126,6
173,8
Magnésio
5,9
2,1
Fósforo
80,8
37,0
Sódio
141,3
9,4
TACO: Tabela de composição de Alimentos – UNICAMP – 2011.

Sendo assim, ambos podem ser consumidos na nossa dieta, apenas devemos nos atentar as porções.


Nutricinista Clínica-Esportiva Vanessa Lobato

Postagens mais visitadas deste blog

Colágeno e Firmeza da pele

ATUALIZADO EM 18/maio/2016

O que é colágeno? Colágeno é uma proteína (Proteína é o "coletivo" de aminoácidos) que tem como função principal dar estrutura, sustentação celular, sendo componente de pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.
Os aminoácidos que formam o colágeno na sua grande maioria são: lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina. Mas, também contêm na sua cadeia os outros 17 aminoácidos, porém em quantidades reduzidas.

Nosso corpo sintetiza vários tipos de colágeno, porque esse compõe várias partes do corpo como a matriz orgânica dos ossos, os tecidos conjuntivos de todos os nossos ligamentos (tendões), constitui também a pele, o cabelo, o sangue e os vasos sanguíneos. Para cada local o corpo sintetiza um tipo de colágeno diferente.



Tipos de colágeno:
TIPOFunçõesIEste é o colágeno mais abundante do corpo humano. Está presente no tecido cicatricial, o produto final quando tecido cicatriza por reparação. Pode ser encontrada nos tendões, pele, paredes da artéri…

Probióticos

O que são Probióticos?

São microorganismos vivos que numa quantidade controlada causam benefícios ao nosso organismo.Existem no mercado alguns produtos com alegação de probióticos como os Leite Fermentados Sofly, Actimel, Yakult (yakult e yakult +30), os iogurtes Activia, Biofibras e Lective, e além dos vendidos em sachês ou cápsulas com uma maior concentração e/ou variedades de cepas (tipos) de probióticos.

Para um produto ser considerado como probiótico é necessário conter uma quantidade mínima de 108 unidade formadora de colônia (UFC) que cheguem VIVAS até o intestino.Vale ressaltar que tudo que consumimos tem que passar pela boca, esôfago e estômago para chegar até o intestino, e lembre-se também que o nosso estômago tem o pH Ácido, fator limitante para a chegada dos microorganismoa vivos até o intestino.Então, a quantidade de microorganismos nos produtos têm que ser superior a 1X108 = 100.000.000 UFC, pois alguns não resistiram ao pH ácido do estômago!Para proteger os microorgani…

Whey Protein

atualizado 01/07/2012

Atualmente, exercício físico é à base de qualquer programa de prevenção de doenças, de manutenção da saúde e de melhora do bem-estar físico.
Mas, algumas pessoas querem mais do que estar saudável querem ficar Sarados!!! Quando essas pessoas chegam à academia com o objetivo de hipertrofia, emagrecimento, ou "secar" = reduzir somente tecido de gordura - logo vão ouvir a indicação de que deverá tomar suplemento protéico, e o mais indicado dos suplementos é o Whey Protein.
Mas, o que é esse tal de WHEY PROTEIN?
Whey protein é um suplemento alimentar proveniente do leite. Que pode ser extraído do soro do processamento de queijos ou os mais recentes que são extraídos diretamente do leite.

Curiosidade: São necessários de 200 a 2000 litros de leite para produzir 1 kg de whey protein.

Segundo a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Alimentar, suplementos alimentares são ALIMENTOS especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física (...)
IM…