Pular para o conteúdo principal

Líquido durante as refeições, pode?


comer-em-excesso-diabetes
Não!



Vamos ver porquê beber durante a refeição é prejudicial:


  • O líquido dilui o suco gástrico do estômago, suco esse formado por ácido clorídrico, enzima digestiva – pepsinogênio/pepsina, muco gástrico e fator intrínseco.O ácido clorídrico tem a função de reduzir o pH do estômago para deixá-lo ácido, para que a enzima digestiva seja convertida de pepsinogênio (desativada) para pepsina (ativada). O muco serve para proteger o estômago da ação do ácido e da pepsina, e o fator intrínseco serve para formar um complexo com a vitamina B12 para que essa possa ser absorvida.
    • Quando bebemos muitos líquidos durante images (9)as refeições prejudica a digestão, pois dilui o suco gástrico. Essa diluição faz com que o pH aumente aí o corpo tem que aumentar o seu trabalho para produzir maaais ácido para o pH baixar e ativar o pepsinogênio e completar a digestão. A conseqüência disso é a indigestão que resulta numa indisposição/cansaço.
  • Além disso, o alto volume de líquido dilata o estômago. Um dos sinais para o cérebro entender que está saciado é o tamanho desse órgão. Se você costuma dilatar muito ele o cérebro entendi que fica saciado somente quando o estômago chega naquele alto volume.
    • No almoço e no jantar tudo bem, o volume de comida é alto, porém as outras refeições o volume é menor fazendo com que a pessoa sinta fome o dia inteiro e conseqüentemente come mais.

O excesso de líquido no estômago dificulta a digestão podendo levar a uma gastrite!!!!!!!!
  • Outro fator é a mastigação! Muitos substituem a mastigação pelo consumo do líquido. Grande erro!
    Durante a mastigação produzimos a saliva que ajudar o alimento escorregar pelo sistema digestório! A saliva tem secreção levemente alcalina que junto com água e sais de glicoproteínas (mucina) são LUBRIFICANTES e ainda possuem ação de anticorpos. Além disso, possui enzimas digestivas para a digestão de carboidratos – por isso o açúcar derrete na boca. Outra enzima presente na saliva é a lisozima que quebra a mureína - parte das paredes das bactérias. A água ou o suco não contêm essas substâncias, por isso não substitui a salivação que é ativada pela MASTIGAÇÃO!!!!!

Em alguns casos que as pessoas têm uma disfunção que não produz saliva, seja por estarem fazendo algum tratamento quimioterápico/radioterápico, ou devido ao uso de alguns medicamentos para tratamento de depressão, essas pessoas produzem pouca saliva assim é aconselhado consumir líquido durante a refeição para facilitar o processo de digestão. Têm alguns casos que é necessário, mas estão associados a alguma doença de deglutição ou aconsumo de algumas medicações que reduzem a salivação.
10146-9144-imagemE, lembrem-se:  no estômago NÃO têm dentes! Para absorver aquela carne é preciso transformá-la em pó, imagine a dificuldade do estomago e intestino para realizar esse proceso! Por isso é importantíssimo mastigar bem, pois além de produzir saliva que facilita o transporte dos alimentos da boca para o estomago, facilita o trabalho de digestão em todo o resto do tudo digestório.
Quantidade de líquido:
  • Uma baixa quantidade de líquido, em torno de 200 ml, não prejudica a digestão, mas vale ressaltar que é melhor consumir sucos naturais que ajudam na disponibilidade dos nutrientes da refeição, exemplo suco de acerola que contém vitamina C que ajuda na bio-disponibilidade do mineral ferro presente no feijão. Mas, NÃO use esse suco como coadjuvante da mastigação, hein.
Tempo de intervalo para consumir líquido entre as refeições almoço e jantar:
  • Não adianta tomar o líquido logo antes ou logo após!!!!!!!!!!! Muita gente diz: "eu não toma líquido enquanto como, tomo somente logo após ter acabado de comer"... dá na mesma! Pois, a comida ainda está no estômago.
  • O intervalo entre o consumo de líquido e a refeição deve ser: Antes +/- 30minutos, Após +/- 60 minutos!

Evite as bebidas alcoólicas ou gaseificadas!!!!!

Van nutri
#nutricionistaesportivavanessalobato

Postagens mais visitadas deste blog

Café

Cafézinho! Eu amo!

Posso dizer que é o meu ponto fracos pois amo esta bebida! 
Tomo sem adoçar, pois o sabor é maravilhoso!!! =)
Como muitos brasileiros tem o hábito de consumir diariamente, vou descreve um pouco sobre essa bebida e as suas propriedades!



Qual a composição dessa bebida?
  O mais conhecido componente dessa saboroza bebida é a cafeína, entretanto, há outras substâncias como as lactonas, a celulose que estimula os intestinos; os minerais, que são aproveitados no organismo; os açúcares que dão o toque final ao sabor; e o material lipídico, responsável pelo aroma. Restam ainda as proteínas, que formam a tinta e dão cor ao café, e o tanino que interfere no sabor.


Especificações e Certificação do café:
Muito lemos sobre as propriedades do café, porém esquecemos que para a realização de um estudo a utilização de uma boa matéria-prima é essencial. Quando verificamos uma boa propriedade de um alimento é importante verificar a procedência desse, assim como quando verificamos uma efeit…

Cuidado! Nem todo alimento com alegação de ser integral contém SOMENTE carboidratos INTEGRAIS

O que são alimentos integrais?
Não há uma legislação específica que defina como deve ser um produto integral, mas o Ministério da Saúde considera alimento integral aquele que sua estrutura não foi alterada, mantendo integridade de seus nutrientes sem perder os valores quantitativos e qualitativos. E por isso muitos se confundem com a grande oferta de opções de integrais na prateleira.
Bora desconfundir?
Considere um pão integral ou biscoito integral ou macarrão integral aquele que contiver na sua composição FARINHA DE TRIGO INTEGRAL! Melhor ainda se não tiver associado a farinha de trigo refinada.
Muitos pães são feitos com farinha de trigo refinada e com a adição de alguns cereias, o mais comum é a fibra de trigo. Isso faz com que o teor de fibras do pão aumente, porém não faz com que esse pão seja considerado integral, nem que tenha um índice glicêmico mais baixo.
Exemplos de Macarrão com Farinha de trigo refinada com adição de algum cereal integral para se caracterizar como integral…

Whey Protein

atualizado 01/07/2012

Atualmente, exercício físico é à base de qualquer programa de prevenção de doenças, de manutenção da saúde e de melhora do bem-estar físico.
Mas, algumas pessoas querem mais do que estar saudável querem ficar Sarados!!! Quando essas pessoas chegam à academia com o objetivo de hipertrofia, emagrecimento, ou "secar" = reduzir somente tecido de gordura - logo vão ouvir a indicação de que deverá tomar suplemento protéico, e o mais indicado dos suplementos é o Whey Protein.
Mas, o que é esse tal de WHEY PROTEIN?
Whey protein é um suplemento alimentar proveniente do leite. Que pode ser extraído do soro do processamento de queijos ou os mais recentes que são extraídos diretamente do leite.

Curiosidade: São necessários de 200 a 2000 litros de leite para produzir 1 kg de whey protein.

Segundo a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Alimentar, suplementos alimentares são ALIMENTOS especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física (...)
IM…