Pular para o conteúdo principal

Maltodextrina e Dextrose–Carboidratos simples de Rápida Absorção


O que é? Chamado popularmente de açúcares, esse grupo de nutrientes é muito mais que isso. São polihidroxialdeídos ou polihidroxicetonas, ou substâncias que liberam estes compostos por hidrólise. Os hidratos de carbonos ou glicídios é a principal fonte de energia para o corpo humano. São classificados de acordo com o número de moléculas:
Monossacarídeos: uma molécula – Glicose, frutose (“açúcar” da fruta) e galactose;
Dissacarídeos: duas moléculas – Sacarose (Glicose + Frutose) – conhecido como açúcar; Maltose (Glicose + Glicose) – açúcar do malte; Lactose (Glicose + Galactose) – “açúcar” do leite.
Oligossacarídeos: de três a vinte moléculas - rafinose, estraquiose, frutooligossacarídeo;
Polissacarídeos: várias moléculas – glicogênio, amido e fibras.
Há uma outra classificação dos carboidratos, como simples e complexos:
Simples – São os monossacarídeos, dissacarídeos e os oligossacarídeos;
Complexos – São os polissacarídeos.
 
Descrição de alguns carboidratos:
· DEXTROSE ou glicose: carboidrato simples, monossacarídeo;
· AÇÚCAR: carboidrato simples, dissacarídeo, formado através de uma ligação glicosídica do tipo α-1,4 das moléculas de glicose e frutose;
· MALTODEXTRINA: carboidrato simples, oligossacarídeo, constituído por cerca de 3 a 18 moléculas de glicose que formam uma cadeia simples, sem ramificações de fácil digestão;
· AMIDO: carboidrato complexo, polissacarídeos, constituído per centenas de moléculas de glicose e frutose que formam uma cadeia complexa, com muitas ramificações, de amilopectina e amilase.
 
Tanto a maltodextrina quanto a dextrose possuem alto índice glicêmico, são rapidamente absorvidas e são responsáveis pela hiperinsulinemia – alta liberação de insulina no sangue e muitas vezes responsáveis pela HIPOGLICEMIA DE REBOTE!

Hipoglicemia de Rebote: Após o consumo de algo muito doce, a glicemia sobe rapidamente. Para corrigir esse feito o pâncreas libera uma boa quantidade de insulina para que a glicemia normalize. como garantia, na maioria das vezes, o corpo libera uma quantidade extra de insulina – já que o corpo não sabe se a pessoa vai consumir mais açúcar - e acaba liberando mais insulina do que a necessaria para normalizar a glicemia causando uma queda na insulina – que é a chamada hipoglicemia de rebote.
Causa: tontura, enjoo e até vômitos. Em treinos causa perda de desempenho. Muitos atletas acabam usando esse tipo de carboidrato para disponibilizar energia rápida para o corpo, porém corre o risco de ter uma hipoglicemia de rebote e como consequência perda de rendimento!

Após o treino o carboidrato é usado para auxiliar na recuperação muscular tanto por ser usado como energia pela musculatura quanto pela via da insulina, que é um hormônio anabólico. Quando consumimos carboidratos de alto índice glicêmico há uma elevada liberação de insulina. Isso no pós-treino auxilia a entrada tanto de energia quanto aminoácidos para os músculos.

RECOMENDAÇÕES:

RECOMENDAÇÕES GERAIS DE CARBOIDRATO PARA PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA
Burke & Deakin, 1994 : Atletas que treinam intensamente: 7-10g de carboidratos/kg de peso/dia ou 60% do VCT;
ADA, 2000 : Praticantes de atividade física: 55 a 60% do VCT e atletas: 60 a 75%;
*6-10g de carboidrato/kg/dia (ADA, 2000).
RECOMENDAÇÕES PRÉ-EXERCÍCIO
ADA,2000: nas 3-4 horas que antecedem:
· 4-5g de carboidrato/kg de peso - 200-300g de carboidrato.
RECOMENDAÇÕES DURANTE O EXERCÍCIO
30-60g de carboidrato/hora (ADA, 2000; Driskell, 2000);
0,7g de carboidrato/kg/hora (ADA, 2000)
RECOMENDAÇÕES PÓS-EXERCÍCIO
· 0,7-3g de carboidrato/kg de peso de 2 em 2 horas, durante as 4-6 horas que sucedem o término do exercício;
· 0,7-1,5g de glicose/kg de peso de 2 em 2 horas, durante as 6 horas após um exercício intenso + 600g de carboidrato durante as primeiras 24 horas (Ivy et al., 1998);
· 1,5g de carboidrato/kg de peso nos primeiros 30 minutos e novamente a cada 2 horas, durante as 4-6 horas que sucedem o término do exercício (ADA, 2002);
· 0,4g de carboidrato/kg de peso a cada 15 minutos, durante 4 horas.
A concentração de maltodextrina numa bebida para ter uma rápida absorção, deve ser de 6 a 8% o que equivale 30 a 40g (1 ½ a 2 collheres de sopa) de malto para cada 500 ml de água.
SUPLEMENTOS NO MERCADO:
Dextrose: 100% Dextrose – Atlhetica; 100% Dextrose – integralmédica; Dextrose – Probiótica®; Dextrose Powder 1000 – Body Action®;
Maltodextrina: 100% Maltodextrina – Atlhetica; Carb up – probiótica®;
Energéticos que contém malto e/ou dextrose na composição: Accelarade – pacific Health®; Glicodry – Nutrilatina ®; Endurox R4 – Pacific Health; Glyco Fuel – Performance Nutrition®;

Att,
Van nutri

Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

Postagens mais visitadas deste blog

Café

Cafézinho! Eu amo!

Posso dizer que é o meu ponto fracos pois amo esta bebida! 
Tomo sem adoçar, pois o sabor é maravilhoso!!! =)
Como muitos brasileiros tem o hábito de consumir diariamente, vou descreve um pouco sobre essa bebida e as suas propriedades!



Qual a composição dessa bebida?
  O mais conhecido componente dessa saboroza bebida é a cafeína, entretanto, há outras substâncias como as lactonas, a celulose que estimula os intestinos; os minerais, que são aproveitados no organismo; os açúcares que dão o toque final ao sabor; e o material lipídico, responsável pelo aroma. Restam ainda as proteínas, que formam a tinta e dão cor ao café, e o tanino que interfere no sabor.


Especificações e Certificação do café:
Muito lemos sobre as propriedades do café, porém esquecemos que para a realização de um estudo a utilização de uma boa matéria-prima é essencial. Quando verificamos uma boa propriedade de um alimento é importante verificar a procedência desse, assim como quando verificamos uma efeit…

Colágeno e Firmeza da pele

ATUALIZADO EM 18/maio/2016

O que é colágeno? Colágeno é uma proteína (Proteína é o "coletivo" de aminoácidos) que tem como função principal dar estrutura, sustentação celular, sendo componente de pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.
Os aminoácidos que formam o colágeno na sua grande maioria são: lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina. Mas, também contêm na sua cadeia os outros 17 aminoácidos, porém em quantidades reduzidas.

Nosso corpo sintetiza vários tipos de colágeno, porque esse compõe várias partes do corpo como a matriz orgânica dos ossos, os tecidos conjuntivos de todos os nossos ligamentos (tendões), constitui também a pele, o cabelo, o sangue e os vasos sanguíneos. Para cada local o corpo sintetiza um tipo de colágeno diferente.



Tipos de colágeno:
TIPOFunçõesIEste é o colágeno mais abundante do corpo humano. Está presente no tecido cicatricial, o produto final quando tecido cicatriza por reparação. Pode ser encontrada nos tendões, pele, paredes da artéri…

Probióticos

O que são Probióticos?

São microorganismos vivos que numa quantidade controlada causam benefícios ao nosso organismo.Existem no mercado alguns produtos com alegação de probióticos como os Leite Fermentados Sofly, Actimel, Yakult (yakult e yakult +30), os iogurtes Activia, Biofibras e Lective, e além dos vendidos em sachês ou cápsulas com uma maior concentração e/ou variedades de cepas (tipos) de probióticos.

Para um produto ser considerado como probiótico é necessário conter uma quantidade mínima de 108 unidade formadora de colônia (UFC) que cheguem VIVAS até o intestino.Vale ressaltar que tudo que consumimos tem que passar pela boca, esôfago e estômago para chegar até o intestino, e lembre-se também que o nosso estômago tem o pH Ácido, fator limitante para a chegada dos microorganismoa vivos até o intestino.Então, a quantidade de microorganismos nos produtos têm que ser superior a 1X108 = 100.000.000 UFC, pois alguns não resistiram ao pH ácido do estômago!Para proteger os microorgani…