Pular para o conteúdo principal

HMB – Beta-Hidroxi-Beta-metil-butirato



Atualizado: 01/07/2013

Quando eu escrevi sobre o HMB em 2009, de acordo com o American College o uso do HMB não era incentivado por falta de estudosimages (1), porém por experiência já era sabido que realmente funcionava! Após 4 anos está aí o novo posicionamento do International Society of Sports Nutrition Position Stand: beta-hydroxy-beta-methylbutyrate (HMB)!
Segue algumas informações sobre o HMB.
HMB é um metabólito do aminoácido LEUCINA, assim não é um nutriente essencial, pois temos a capacidade de sintetizá-lo.
"Metabólito quer dizer que está reações químicas a frente de um nutriente (veja a figura abaixo), assim podemos dizer que é mais ativo ou específico para algumas reações".
Função: ANTICATABÓLICO! Fontes alimentares: alfafa, milho e o peixe bagre.
Sintetizamos uma média de 0,3 a 1g/dia, dependendo diretamente da nossa alimentação.
Quais as teorias que justificam o uso do HMB?
TRÊS MECANISMOS
1. Precursor de HMG-CoA redutase:
o Aumenta substratos para reparar e melhorar a integridade do sarcolema – via colesterol.
2. Ação na via m-TOR (mammalian Target of Rapamycin):
o Estimula a síntese protéica via DNA.
3. Inibição da via Ubiquitina-Proteassoma proteolíticas:
o Inibe a degradação de proteínas intracelulares que em processo de catabolismo causam caquexia.
clip_image001

1. Ação como precursor de HMG-CoA: O HmB é precursor do HMB-CoA redutase que é uma enzima responsável pela conversão do HMG-CoA em Ácido Mevalônico que é um substrato que dará origem ao colesterol. O Colesterol é um componente importante para a recuperação celular. Quando treinamos e danificamos as células musculares é necessário estabilizar o sarcolema – parte integrante do músculos, o colesterol ajuda nessa estabilização. A falta de colesterol na reparação muscular pode causar necrose (morte) das células musculares.
2. Ação na via m-TOR: Essa via m-TOR estimula a síntese protéica agindo diretamente no DNA celular.
O aumento intracelular da leucina promove ativação da m-TOR que inibe a autofagia e estimula a Transcrição, Translação do RNAm, Biossíntese dos ribossomos, Proliferação celular, Organização Citoesquelética, tudo para favorecer o crescimento celular = estímulo de síntese de proteínas e consequentemente HIPERTROFIA MUSCULAR!


3. Ação na via-Ub – Ubiquitina-proteassoma proteolíticas: É uma via que consome muito ATP (energia) e quando ativada causa processo catabólicos podendo levar a caquexia. Essa via m-TOR estimula a síntese protéica agindo diretamente no DNA celular. Geralmente a atividade da via-Ub é aumentada em condições de estresse intenso como câncer, fome, exercício físico etc. Não sabe-se a real ação do HMB nessa via, mas há estudos que comprovem que a suplementação de HMB ajuda a inibir a ativação dessa via.
A suplementação de HMB é indicada para fornecer quantidades necessárias de HMG-CoA para a síntese de colesterol e a subsequente reparação de membrana durante os períodos de estresse muscular aumentado.
A principal propriedade do HMB é ser anti-catabólico. O que é muito importante segundo o ACSM – American College of Sports Medicine, que diz que essa propriedade é o que garante o ganho de massa muscular.

Lembra da postagem sobre whey protein (http://nutrivanessalobato.blogspot.com/2009_05_24_archive.html) que durante um treino de hipertrofia sempre há redução de tecido muscular e para que o processo de hipertrofia aconteça tem que haver a super-compensação? Então, o HMB regula o metabolismo protéico, minimiza o processo de catabolismo/quebra de massa muscular durante o dia auxiliando na recuperação celular.
A síntese de HMB pode ser feita pela leucina, porém são necessário 20g de leucina para produzir 1g de HMB;
A indicação de suplementação é de cerca de 3g/dia ou 38mg/ peso corporal – kg/dia. É sugerido o fracionamento dessa suplementação em três doses diárias já que a meia-vida desse suplemento e curta.
Atuais recomendações do International Society of Sports Nutrition, 02 fev 2013:
1. Ação: deve-se a inibição da quebra de proteína e aumento da produção/síntese de proteínas;
2. O HMB pode ser usado para melhorar a recuperação pós-treino, reduzindo a lesão muscular;
3. O melhor momento para consumir o HMB é após o treino;
4. O HMB parece ser mais eficaz se consumido durante duas semanas antes da prova;
5. A dose por kg para ajudar na hipertrofia muscular, força e potência é de 38mg/kg de peso corporal;
6. Apresentação: Duas formas a. HMB-Ca (ligado ao cálcio), b. HMB-FA (forma livre);força idoso
7. Indicação para idosos que precisam aumentar massa magra;
8. Quando associado a ingestão de HMB com um programa de exercícios estruturados ode resultar em maiores diminuições de massa gorda;
9. O consumo crônico (a long0 prazo) de HMB é seguro tanto em jovens quanto em idosos.
OBSERVAÇÃO IMPORTANTE:
QUANTIDADE, HORÁRIO, FREQUÊNCIA E OUTRAS informações sobre o modo de consumo do HMB EU NÃO RESPONDO POIS ISSO DEPENDE DE VÁRIOS FATORES que dever ser avaliados individualmente levando em conta as necessidades nutricionais, a rotina alimentar e os objetivos!!!! Agradeço a compreensão!
Att,
Van nutri
Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva


 






























Postagens mais visitadas deste blog

Café

Cafézinho! Eu amo!

Posso dizer que é o meu ponto fracos pois amo esta bebida! 
Tomo sem adoçar, pois o sabor é maravilhoso!!! =)
Como muitos brasileiros tem o hábito de consumir diariamente, vou descreve um pouco sobre essa bebida e as suas propriedades!



Qual a composição dessa bebida?
  O mais conhecido componente dessa saboroza bebida é a cafeína, entretanto, há outras substâncias como as lactonas, a celulose que estimula os intestinos; os minerais, que são aproveitados no organismo; os açúcares que dão o toque final ao sabor; e o material lipídico, responsável pelo aroma. Restam ainda as proteínas, que formam a tinta e dão cor ao café, e o tanino que interfere no sabor.


Especificações e Certificação do café:
Muito lemos sobre as propriedades do café, porém esquecemos que para a realização de um estudo a utilização de uma boa matéria-prima é essencial. Quando verificamos uma boa propriedade de um alimento é importante verificar a procedência desse, assim como quando verificamos uma efeit…

Cuidado! Nem todo alimento com alegação de ser integral contém SOMENTE carboidratos INTEGRAIS

O que são alimentos integrais?
Não há uma legislação específica que defina como deve ser um produto integral, mas o Ministério da Saúde considera alimento integral aquele que sua estrutura não foi alterada, mantendo integridade de seus nutrientes sem perder os valores quantitativos e qualitativos. E por isso muitos se confundem com a grande oferta de opções de integrais na prateleira.
Bora desconfundir?
Considere um pão integral ou biscoito integral ou macarrão integral aquele que contiver na sua composição FARINHA DE TRIGO INTEGRAL! Melhor ainda se não tiver associado a farinha de trigo refinada.
Muitos pães são feitos com farinha de trigo refinada e com a adição de alguns cereias, o mais comum é a fibra de trigo. Isso faz com que o teor de fibras do pão aumente, porém não faz com que esse pão seja considerado integral, nem que tenha um índice glicêmico mais baixo.
Exemplos de Macarrão com Farinha de trigo refinada com adição de algum cereal integral para se caracterizar como integral…

Whey Protein

atualizado 01/07/2012

Atualmente, exercício físico é à base de qualquer programa de prevenção de doenças, de manutenção da saúde e de melhora do bem-estar físico.
Mas, algumas pessoas querem mais do que estar saudável querem ficar Sarados!!! Quando essas pessoas chegam à academia com o objetivo de hipertrofia, emagrecimento, ou "secar" = reduzir somente tecido de gordura - logo vão ouvir a indicação de que deverá tomar suplemento protéico, e o mais indicado dos suplementos é o Whey Protein.
Mas, o que é esse tal de WHEY PROTEIN?
Whey protein é um suplemento alimentar proveniente do leite. Que pode ser extraído do soro do processamento de queijos ou os mais recentes que são extraídos diretamente do leite.

Curiosidade: São necessários de 200 a 2000 litros de leite para produzir 1 kg de whey protein.

Segundo a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Alimentar, suplementos alimentares são ALIMENTOS especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física (...)
IM…