quinta-feira, 31 de julho de 2014

Açúcar

Sempre sou questionada: Qual o melhor açúcar???
Vou falar um pouco de cada para facilitar a escolha.

acucar-tratada
O Brasil é o maior produtor de açúcar do MUNDO! Já que somos os maiores produtores de cana.


Sempre digo que o que vem da natureza é bom! O açúcar vem da cana e então, qual o problema dele?

Basicamente o que o Homem fez com ele: REFINAÇÃO!

Na natureza  os carboidratos vêm protegidos, com fibras! Isso faz com que a sua absorção seja mais lenta (Índice Glicêmico de baixo a moderado), porém veio o Homem e refinou tudo – Tirou todas as fibras!
Se consumíssemos a cana de açúcar a velocidade de entrada do carboidrato na corrente sanguínea seria lenta, já que chupar cana é difícil rs Porém, como foram criados métodos ultra facilitadores dessa extração, nós consumimos um tipo de energia que a absorção é absurdamente veloz!
E, o nosso corpo, como reage?? Guardando essa energia que entra rapidamente no corpo.


SIM, precisamos de carboidratos, mas NÃO precisamos de açúcares com elevado Índice Glicêmico – que entrem muito rápido na corrente sanguínea.
Como o corpo não está acostumado com isso, ele se defende e armazena esse açúcar na forma de glicogênio OU gordura =(

Fisiologicamente estamos acostumados a consumir carboidratos com Baixo IG. Já que nossos ancestrais não tinham maquinários para uma extração eficiente das fibras, para o refinamento. O processo de refinamento é algo NOVO, cerca de 100 anos, comparado com a nossa fisiologia que tem mais de 30mil anos…
Então, já sabemos que um dos problemas do açúcar é a sua velocidade de entrada – IG.
O outro problema é o taaaaanto de produtos químicos adicionados para ele ficar “branquinho”. E, nesse ponto o mascavo e o orgânico têm pontos positivos!
Vamos as diferenças:

  • Melaço/Melado: é o primeiro do processo,  corresponde ao caldo de cana filtrado, decantado e limpo, evaporado e concentrado até a consistência de xarope não cristalizável.
  • Açúcar mascavo: é um açúcar bruto que não passa por refinamento, e por isso mantém os sai mineirais.
  • Açúcar demerada: vem do melaço e passa por um refinamentaçúcar-2_altao leve e não recebe algum aditivo químico.
  • Açúcar orgânico: desde  plantio, colheita e todo o processo industrial não recebe produtos químicos que agridem o corpo! Fica mais claro que o mascavo, mas sem sofrer adição de produtos químicos agresivos.
  • Açúcar cristal: Vem do melado ou do açúcar mascavo, e passa pelo processo de refinamento que tira cerca de 90% dos sais mineiras.
  • Açúcar refinado: Vem do melado ou do açúcar mascavo, mas passa por várias etapas de refinamento e branqueamento, perdendo totalmente os sais minerais e ganhando substâncias químicas agressivas ao organismos como soda cáustica, enxofre etc.
  • Açúcar light: é a combinação de açúcar refinado com adoçante! =/
Regra básica: quanto mais escuro o açúcar, mais nutrientes esse contém.

Caloricamente:
A variação é de 10% de energia! Não é muita coisa.
Quanto a nutrientes:
Entre o mascavo e o refinado há uma grande variação, mas isso não justifica usar o açúcar masvaco como fonte de nutrientes, já que existem muuuuuitos outros alimentos fontes dos mesmos.

Resumindo:
O uso de açúcar, no meu ponto de vista não é necessário;
Para que se habituou usar, já que para muitos desde a primeira “mamedeira” ou “papinha doce” já foi adicionado o açúcar, aconselho que escolha os menos agressivos, aqueles que contêm menos aditivos químicos como o mascavo ou orgânico;
Quanto aos adoçantes (tem uma postagem sobre clique aqui): a lei é quanto menos melhor! Apesar de não ter energia contêm elevados números de substâncias químicas que o corpo não reconhece tão bem, dificultando o metabolismo.
Açúcar
Bem, é isso!
Van nutri
@nutrivanessalobato
/NutricionistaEsportivaVanessaLobato

Nenhum comentário:

Postar um comentário