sexta-feira, 25 de maio de 2012

Novidades de alimentos orgânicos


Hoje fui a feira Natural Tech ver as novidades de alimentos orgânicos. E montei uma listinha desses produtos!
Calma! Não pense você que os orgânicos são alimentos para quem é natureba!!! Também é rs, mas todos nós deveríamos consumir pelo alto teor de nutrientes e antioxidantes (com valor ORAC altíssimo). http://www.vanessalobato.com/2009/10/alimentos-naturais-x-xenobioticos.html
A unidade ORAC (Oxygen Radical absorvência Capacity), valor ORAC, ou "escore ORAC" é um método de medir a capacidade antioxidante de diferentes alimentos e suplementos. Foi desenvolvido por cientistas do National Institutes of Health. Embora a relação exata entre o valor ORAC de um alimento e seu benefício para a saúde não foi estabelecida, acredita-se que os alimentos mais elevados na escala ORAC mais eficazmente neutralizar os radicais livres. De acordo com a teoria de radicais livres do envelhecimento, isto irá retardar os processos oxidativos e danos de radicais livres que podem contribuir para relacionada com a idade degeneração e doença. http://www.oracvalues.com/
Leia mais sobre radicais livres e antioxidantes.
Tabela com os SUPER ALIMENTOS – Alimentos com elevado escore ORAC:
Bem vamos aos produtos!!! =)
  • Na minha opinião de CONSUMIDORA a melhor granola Tia Sônia, não é muito doce, é cheia de oleaginosas e bem crocante!!!! http://www.tiasonia.com.br/2011/
  • Com alegação de “somente fruta no frasquinho” a marca Quesberry trás geléias 100% frutas, purê de frutas, Smoothies, tudo SEM adição de açúcares, corantes e conservantes. Smothies e purê de frutas aprovadíssimos! Smiley piscando http://www.queensberry.ind.br/produto/48/smoothie#
    • O purê de fruta pode ser usado como prebiótico para auxiliar a flora intestinal junto com os probióticos. 
  • Petisco diferente: Algas marinhas crocantes da Fidbo que pode ser consumida sozinha ou adicionada a preparações para aumentar o valor nutriiconal dessas - http://www.fidbo.com.br/
  • Para os fãs de energético a Organique lançou um 100% orgânico composto por açaí, guaraná e erva-mate. Gostei do sabor! http://www.organique.com.br/
  • A Native Alimentos já é mais conhecida no mercado pelos seus produtos serem de mais fácil acesso a mercados convencionais. Mas, agora lançaram dois cereias matinais para as crianças, uma bebida de soja e barras de granola orgânicas sem flocos de arroz e sem adição de açúcares. http://www.nativealimentos.com.br/
  • Está crescendo no mercado as opções de chocolates com maior concentração de cacau e a marca VITAO não ficou atrás e lançou a linha de chocolates  “prazer sem culpa” que são todos sem adição de açúcares e com três opções de sabores: ao leite  diet (30% cacau), com castanhas (30% cacau) e o 50% cacau que é 0% lactose. Nhaaaaaaaam! Gostei do 50% cacau =) http://prazersemculpa.com.br/
  • Uma ótima linha de óleos também estava lá a Barlean’s no estande da Carduz (sua importadora). Eles possuem ômega 3 em frasco com sabor para aquelas pessoas que sentem incomodado com o sabor de peixe das cápsulas. Além de ter o óleo de coco na forma líquida que não sofre alteração de textura com as mudanças de temperatura! http://www.barleans.com/
  • A Monama Orgânico apresentou barras de cereais, granolas sem glúten, snacks de cereais, além do óleo de coco e farinha de coco. Variedade boa com excelente qualidade de produtos. https://www.monama.com.br/loja/
  • As barras de frutas orgânicas da Bio2 voltaram de cara nova e com uma família maior =)))) http://renks.com.br/produtos Agora com 3 opções: Barras de frutas, barras de castanhas e frutas e barras de cereais orgânicas, ambas têm 4 a 5 opções de sabores diferentes. Vale a pena conferir!
    • Além das barras a Bio2 lançaram “uma balinha” de gergelim com duas opções: com ou sem açúcar! Muito boa! A opção sem açúcar vem com manitol (carboidrato que protege os dentes).
  • Frootiva lançou um produto com frutas secas coberta de açaí e outra com copuaçu. Uma delícia. Tem a opção SEM adição de açúcares também. Vem porcionado em saquinhos com 20g ou em pacotes maiores com 200g. Ótima opção de lanche. Rico em antioxidantes so pó de açaí!!!!!!!! http://www.frootiva.com/
AÇAÍ!!! huuuuuuuuuuuuuuuum
Riquissimo em flavonóides com o indice ORAC ALTÍSSIMO é sempre recomendado para consumo, porém o açaí que chega para o vendedor final vem cheeeeeeeio de extrato de guaraná e açúcares =(
  • A Bio EcoBrazil está lançou tanto para o atacado quanto para o vendedor final um açaí orgânico liofinizado SEM açúcares! Que pode ser preparado em caso! Olha que maravilha!!! Acredito que demore um pouco para termos acesso, mas vale a informação que produto novo e de excelente qualidade está chegando no mercado! http://bioecobrazil.com.br/
  • E tinha até panela de cerâmica para evitar a contaminhação por metais pesados da marca Organic. http://www.panelaorganica.com.br/
Bem, essas são as informações interessantes que vi lá feira. Infelizmente nem todos os produtos serão fáceis de encontrar, maaaaaas sempre que souber de algo eu avisoSmiley piscando . Quem quiser ir lá visitar irá até o 27. Fica no Parque do Ibirapuera – Portão 3 – Prédio da Bienal! E já aproveite para ter mais contato com a natureza Smiley piscando

Att
Van nutri
Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Probióticos



O que são Probióticos? probioticos

São microorganismos vivos que numa quantidade controlada causam benefícios ao nosso organismo.
Existem no mercado alguns produtos com alegação de probióticos como os Leite Fermentados Sofly, Actimel, Yakult (yakult e yakult +30), os iogurtes Activia, Biofibras e Lective, e além dos vendidos em sachês ou cápsulas com uma maior concentração e/ou variedades de cepas (tipos) de probióticos.

Para um produto ser considerado como probiótico é necessário conter uma quantidade mínima de 108 unidade formadora de colônia (UFC) que cheguem VIVAS até o intestino.
Vale ressaltar que tudo que consumimos tem que passar pela boca, esôfago e estômago para chegar até o intestino, e lembre-se também que o nosso estômago tem o pH Ácido, fator limitante para a chegada dos microorganismoa vivos até o intestino.Então, a quantidade de microorganismos nos produtos têm que ser superior a 1X108 = 100.000.000 UFC, pois alguns não resistiram ao pH ácido do estômago!Para proteger os microorganismos (da ação ácida do estomado) é usado um carboidrato, que pode ser açúcares ou fibras, para envolver essas bactérias e impedir que o ácido clorídrico do estômago "mate-as".


Nós produzimos probióticos?
NÃO! Todo microorganismo vem do meio externo para o nosso corpo.
O primeiro contato que temos é logo no nascimento, principalmente quando passamos pelo canal vaginal (parto normal).
Durante a gestação a nossa mãe nos protege do meio externo, impedindo que qualquer bactéria se aproxime de nós, assim quando nascemos o nosso intestino é estéril – sem microorganismos!
Após o parto inicia-se o processo de colonização, que é mantido com o aleitamento materno que contêm os prebióticos – fibras alimentares que "alimentam" essas bactérias. Esse é o primeiro aviso que fora do útero da mãe nós deveremos nos defender desses pequenos seres, e por isso é o primeiro estímulo para o nosso sistema de defesa funcionar!

Quais as importantes dessas bactérias?
Uma microbiota saudável – com vários microorganismos benéficos, ajuda na produção de antibióticos e antifúngicos; tem ação competitiva contra microorganismos patogênicos; ajuda na constipação por estimular os movimentos peristálticos no sistema digestório; estimula o nosso sistema imunológico; Metaboliza alguns medicamentos, hormônios, carcinógenos; além de serem essenciais na síntese de vitaminas do complexo B e da vitamina K no intestino;
Bem, são vários os benefícios, por isso atualmente houve um aumento no número de produtos que disponibilizam esses probióticos na nossa alimentação.
image

Mas, será que somente o consumo desses produtos é o suficiente?
Não! Mais importante do que consumir os probióticos é mantê-los vivos no nosso organismo!!!!
E como fazemos isso?
Consumindo fibras, os prebióticos. São elas, presentes nos legumes e nas verduras e frutas, que alimentam as nossas bactérias, assim estimulam o crescimento delas mantendo-as por mais tempo.

IMPORTANTE!
Lembremos que independente das funções benéficas das bactérias, em excesso poderá causar mal! Nossa mãe deixava nos consumirmos mais de um yakult por dia? Não! Por que se não teríamos uma bela de uma diarréia, não é?! Para esses novos produtos a regra é a mesma, quantidade controlada – UM por dia!

Por quanto tempo podemos consumir?
Não há estudos que demonstrem um tempo limite para o consumo desses alimentos. Sabe-se, que em média 14 dias de consumo os efeitos positivos começam a aparecer.
Por ser algo, "novo" +/- 20 anos, não sabemos se um uso diário e contínuo por muuuuitos anos pode atrapalhar a microbiota normal do nosso organismo. Para responder isso deveremos aguardar alguns longos anos...
Mas, sabemos que o uso consciente desse auxilia no nosso bem estar e saúde!

É medicamento ou suplemento alimentar?
A resposta é: Depende o tipo de cepa utilizada. No Brasil os seguintes probióticos são considerados suplementos: Lactobacillus: bifidus, rhamnosus, streptococcus, acidophilus, bulgaricus, casei (Presente no Yakult, no Sofly e no Actimel), os bacilos dan regulares (Activia), as bifidobactérias (Biofibras) etc.
Temos os probióticos vendidos em sachê, maior concentração: LactoFOS, LactoPro da marca SKL-Pharma®, SimFort da Vitafor®, Lactivos da Roberg® e UltraBiotics – Douglas Laboratories®.
Outros produtos contendo outras cepas são considerados suplementos.
Pessoas com doença inflamatória no estômago ou no intestino, ou deficiência do sistema imune devem consultar um nutricionista ou médico para o consumo desses alimentos.
DICA 1: Você quem treina pesado e quer hipertrofiar o máximo com o mínimo de gordura lembre-se que o seu sistema imune tem que estar forte. Já aconteceu de estar fazendo o trabalho perfeito para crescer e quando menos espera você fica “gripado”? Então, os probióticos o ajudaria a evitar esse processo.
DICA 2: Para quem está seguindo um plano alimentar para “secar” os probióticos ajudam a diminuir a possibilidade do sistema imune cair e “gripar” no meio do processo.
DICA 3: Para mulheres com candidíase e/ou infecção urinária de repetição, ou pessoas com infecção no trato respiratório: adicione os probióticos a sua dieta! O tratamento será mais completo que já os probióticos irão COMPETIR com o fungos candida e com as bactérias da infecção urinária! Alho também é um excelente alimento para ajudar nesse tratamento.
DICA 4: Para quem tem rinite, sinusite, bronquites e todas as “ites” tente o consumo dos probióticos! Smiley piscando

Veja mais informações sobre os probióticos:


Att,
Van nutri

Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva