quarta-feira, 23 de novembro de 2011

D-Ribose

É uma pentose naturalmente encontrada na natureza e que participa na formação de uma série de estruturas químicas do corpo, como o ácido desoxirribonucléico (DNA), ácido ribonucléico (RNA) e as adenina nucleotídeos (componentes energéticos), como adenina trifosfato (ATP), adenina monofosfato (AMP) e adenina difosfato (ADP).
image
D-Ribose é uma molécula simples de carboidrato encontrada em todas as células do corpo humano.
A depleção das moléculas de adenina nucleotídeos (ATP / ADP / AMP) e a diminuição de sua concentração podem desencadear o estado de fadiga metabólica e, para recomposição de seus níveis, o corpo utiliza o metabolismo de novo de nucleotídeos purínicos, ou então, as vias de recuperação – Via das Pentoses (RIBOSE).
D-Ribose é essencial para a contínua produção de ATP, que é a molécula que dá aos nossos músculos e coração, a energia necessária para o seu funcionamento.
Durante várias contrações musculares exaustivas (músculo esquelético) ocorre hipóxia – causando diminuição na chegada de oxigênio à célula muscular. Assim o corpo precisa buscar energia atráves de vias ANAeróbicas para fornecer o ATP. Uma opção é a via das pentoses! Outra opção é através da glicose – quando essa é convertida em glicose-6-fosfato + algumas reações transforma-se em ribose-5-fosfato.
Na figura mostra as vias que faz o Ribose-6-fosfato aumentar a concentração de AMP e repor o ATP depletado mesmo estando em hipóxia.
A concentrações de ATP se faz necessária não somente para gerar energia mas o balanço no pool de adenina nucleotídeos (AMP + ADP + ATP) é extremamente essencial para a realização de reações metabólicas básicas, como síntese de proteínas, glicogênio e ácidos nucléicos.
Ribose
D-ribose é uma ótima opção para repor energia após o treino SEM dar picos na insulina e sem o risco da hipoglicemia de rebote (veja a explicação: http://nutrivanessalobato.blogspot.com/2011/11/o-que-e-chamado-popularmente-de.html).
Recomendação: A sugestão de dose inicia-se com 5g ao dia para manutenção de atletas, 10 a 15g para indivíduos com problemas de angina e atletas com treinos de alta intensidade.

Att,
Van nutri


Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

10 comentários:

  1. Parabéns pelo post Van! Excelente matéria!!

    Bjs.

    Rafael

    ResponderExcluir
  2. Oi vanessa muito bom seu blog
    A d-ribose se tomo no pos-treino certo? Toma-se junto com o whey? Ou um substitui o outro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Antes, durante ou após.
      Não. Um é fonte de energia e o outro é fonte de proteína.

      Att

      Excluir
  3. No pré-treino é melhor D-Ribose ou Waxy Maize?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!!!!

      Suplementos que servem para disponibilizar energia podem ser consumidos no pré, durante e no pós treino, Melanie!
      Dependerá da sua alimentação e objetivos.
      Aconselho procurar realizar uma consulta com um profissional habilitado para melhor orientá-la sobre esse assunto, de forma individualizada ;)

      Excluir
  4. ola boa tarde !
    gostaria de saber qual é o melhor D-Ribose ou maltodextrina, para maratonistas ?
    Obridado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renato!!!
      São fontes energéticas diferentes! Ambos podem ser utilizados para maratonistas, ok!

      Excluir