Pular para o conteúdo principal

Ovos de Páscoa!

chocolatesss
Em local estratégico – praticamente na entrada! – os ovos de páscoa estão presentes na maioria dos carrinhos dos consumidores, mesmo aqueles que vão fazer uma comprinha básica não resistem e compram um ovo, seja com a desculpa de conhecer o novo sabor ou pelo “brinde” ou porque simplesmente é apaaaaaixonado mesmo por chocolate.

Vamos conhecer um pouco sobre essas tentações:

COMPONENTES DO CHOCOLATE

Carboidratos e gorduras: fonte de energia! Na grande maioria até de mais...
Flavonóides (cacau) - contém epicatequinas, catequinas e procianidinas - substâncias com potente ação antioxidante e modulam a agregação plaquetária (protetor cardíaco);
Ácido Esteárico (cacau): é uma gordura saturada que reduz a absorção intestinal de colesterol e aumenta sua excreção. E mesmo sendo gordura saturada após ser absorvido não aumenta o colesterol sangüíneo por ser convertido em ácido oléico – gordura monoinsaturada;
Cafeína (cacau): estimulante;
Teobromina (cacau): possui propriedades diuréticas e vasodilatadoras, sendo ainda um estimulante cardíaco;
Triptofano (cacau): aumenta a produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar;
QUAIS SÃO AS PROPRIEDADES NUTRICIONAIS DO CHOCOLATE?
Seja porque alivia estresse e ansiedade, supre "carência emocional", agiliza o raciocínio, repõe energia, possui flavonóides que protegem o coração ou simplesmente porque é um ingrediente universal. Razões não faltam para que "chocólatras" justifiquem o vício e, em casos extremos, acabem substituindo as refeições por uma caixa de bombons.
Esse alimento é fonte de proteínas, carboidratos, gorduras, cálcio, ferro, fósforo e potássio, porém tem um alto valor calórico devido à grande quantidade de gordura e de açúcar adicionada. Em média, 100 gramas de chocolate ao leite contêm 500 kcal.
Os que contêm maiores concentrações de cacau possuem altas concentrações de compostos bioativos como flavonóides e polifenóis que podem neutralizar os radicais livres do nosso organismo, reduzir as concentrações do colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, além de reduzir a pressão sanguínea, contribuindo para a prevenção de doenças do coração.

OPÇÕES PARA QUEM NÃO PODE COMER CHOCOLATE
Algumas pessoas têm intolerância à lactose, nutriente presente no leite, e/ou ao glúten proteína do trigo, da aveia, do centeio e da cevada, impossibilitando-as de consumir chocolates. Uma boa opção para essas pessoas é o chocolate de soja, que é 100% de origem vegetal, feito com extrato de soja, sem lactose ou glúten. E tem também a “alfarroba”, que é uma vagem que, após a trituração e torrefação, resulta numa farinha, utilizada como substituta do cacau, com as vantagens de ter pouquíssima gordura, é rica em fibras e não contém cafeína.
imagem.php E para os “marombeiros” hoje tem um ovo de páscoa trufado, rico em proteínas, fabricado pela empresa probiótica. Esse ovo é feito com whey protein, proteína de alto valor biológico e não contém açúcar.




TIPOS DE OVOS DE PÁSCOA
Ao leite: A massa de cacau é barras-chocolatesubstituída em parte por leite em pó, produzindo um gosto mais adocicado. Possui uma grande quantidade de açúcares e gorduras.
Branco: Contém manteiga de cacau, açúcar e leite, mas não leva massa de cacau. É o mais calórico dos chocolates e por não conter massa de cacau não possui os benefícios desse nutriente.
Crocante: pode ser ao leite ou branco ou amargo mais é adicionado de castanhas ou flocos de arroz para dar a consistência crocante.
Amargo: Tem maior quantidade de massa e manteiga de cacau, pouco açúcar e não contém leite. É bastante rico em polifenóis e também o menos calórico, por isso, é o mais saudável entre os chocolates tradicionais.

70/80/85% Cacau: São os ricos em cacau!!!! Geralmente o açúcar usado é o mascavo ou orgânico. É muito rico em polifenóis e indicado como protetor cardiovascular.

Diet: É feito de massa e manteiga de cacau, leite em pó integral, soro de leite e edulcorantes. Para compensar a falta de açúcar, ganha maior dose de gordura para garantir a consistência. “Se você não é diabético, prefira o chocolate convencional em pequenas quantidades ao diet.
Com whey protein: maior quantidade de proteínas, indicado para praticantes de atividade física.
Do ponto de vista nutricional, o chocolate pode ser considerado nutritivo desde que consumido com moderação.


Att,
Van nutri
Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

Comentários

  1. Olá

    meu esposo tem intolerância à lactose. Gostaria de saber se gordura de manteiga desidratada contém lactose ou não.
    Grata!
    Andressa

    ResponderExcluir
  2. Olá Andressa!
    Obrigada pela visita!

    A manteiga (100%) tem uma quantidade baixa de lactose, cerca de 0,9%. Essa baixa fração de lactose não fica na gordura da manteiga. Assim, esse produto se conter alguma fração de lactose é uma quantidade muuuuuuuuuuito baixa.

    Atenciosamente,
    Boa Páscoa

    Vanessa Alves Lobato
    Nutricionista

    ResponderExcluir
  3. oi, valeu pelo comentário no meu blog.
    curti a info sobre chocolate...já comi demais a ponto de ter espinhas heheh

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Probióticos

O que são Probióticos?

São microorganismos vivos que numa quantidade controlada causam benefícios ao nosso organismo.Existem no mercado alguns produtos com alegação de probióticos como os Leite Fermentados Sofly, Actimel, Yakult (yakult e yakult +30), os iogurtes Activia, Biofibras e Lective, e além dos vendidos em sachês ou cápsulas com uma maior concentração e/ou variedades de cepas (tipos) de probióticos.

Para um produto ser considerado como probiótico é necessário conter uma quantidade mínima de 108 unidade formadora de colônia (UFC) que cheguem VIVAS até o intestino.Vale ressaltar que tudo que consumimos tem que passar pela boca, esôfago e estômago para chegar até o intestino, e lembre-se também que o nosso estômago tem o pH Ácido, fator limitante para a chegada dos microorganismoa vivos até o intestino.Então, a quantidade de microorganismos nos produtos têm que ser superior a 1X108 = 100.000.000 UFC, pois alguns não resistiram ao pH ácido do estômago!Para proteger os microorgani…

Colágeno e Firmeza da pele

ATUALIZADO EM 18/maio/2016

O que é colágeno? Colágeno é uma proteína (Proteína é o "coletivo" de aminoácidos) que tem como função principal dar estrutura, sustentação celular, sendo componente de pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.
Os aminoácidos que formam o colágeno na sua grande maioria são: lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina. Mas, também contêm na sua cadeia os outros 17 aminoácidos, porém em quantidades reduzidas.

Nosso corpo sintetiza vários tipos de colágeno, porque esse compõe várias partes do corpo como a matriz orgânica dos ossos, os tecidos conjuntivos de todos os nossos ligamentos (tendões), constitui também a pele, o cabelo, o sangue e os vasos sanguíneos. Para cada local o corpo sintetiza um tipo de colágeno diferente.



Tipos de colágeno:
TIPOFunçõesIEste é o colágeno mais abundante do corpo humano. Está presente no tecido cicatricial, o produto final quando tecido cicatriza por reparação. Pode ser encontrada nos tendões, pele, paredes da artéri…

UC-II - O novo colágeno?

Há muito tempo escrevi uma postagem sobre a proteína colágeno e vi que muitas pessoas se interessam pelo assunto.
Descrevi que temos cerca de 14 tipos diferentes de colágeno. E, que o colágeno hidrolisado que consumimos na forma de suplementos já foi digerido, sendo assim absorvemos os aminoácidos para a produção – lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina.

Já na nossa corrente sanguínea, nas nossas vias metabólicas, o corpo irá decidir para qual dos 14 tipos de colágeno será feita a conversão. Lembrando sempre que são necessários vários nutrientes para isso.  E, que na maioria das pessoas o limitante na produção dessa proteína e mais os micronutrientes do que os aminoácidos.

Pois bem! Fui apresentada ao UC-II. De início fiquei desconfiada, pois não havia entendido o modo de ação. Eu comparava ao modo de ação do colágeno hidrolisado, que você consome uma dose de 5 a 10g, com os micronutrientes, e o organismo decidirá qual forma do colágeno vai produzir, e usará os aminoácidos como matéria-…