sexta-feira, 19 de março de 2010

Ovos de Páscoa!

chocolatesss
Em local estratégico – praticamente na entrada! – os ovos de páscoa estão presentes na maioria dos carrinhos dos consumidores, mesmo aqueles que vão fazer uma comprinha básica não resistem e compram um ovo, seja com a desculpa de conhecer o novo sabor ou pelo “brinde” ou porque simplesmente é apaaaaaixonado mesmo por chocolate.

Vamos conhecer um pouco sobre essas tentações:

COMPONENTES DO CHOCOLATE

Carboidratos e gorduras: fonte de energia! Na grande maioria até de mais...
Flavonóides (cacau) - contém epicatequinas, catequinas e procianidinas - substâncias com potente ação antioxidante e modulam a agregação plaquetária (protetor cardíaco);
Ácido Esteárico (cacau): é uma gordura saturada que reduz a absorção intestinal de colesterol e aumenta sua excreção. E mesmo sendo gordura saturada após ser absorvido não aumenta o colesterol sangüíneo por ser convertido em ácido oléico – gordura monoinsaturada;
Cafeína (cacau): estimulante;
Teobromina (cacau): possui propriedades diuréticas e vasodilatadoras, sendo ainda um estimulante cardíaco;
Triptofano (cacau): aumenta a produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar;
QUAIS SÃO AS PROPRIEDADES NUTRICIONAIS DO CHOCOLATE?
Seja porque alivia estresse e ansiedade, supre "carência emocional", agiliza o raciocínio, repõe energia, possui flavonóides que protegem o coração ou simplesmente porque é um ingrediente universal. Razões não faltam para que "chocólatras" justifiquem o vício e, em casos extremos, acabem substituindo as refeições por uma caixa de bombons.
Esse alimento é fonte de proteínas, carboidratos, gorduras, cálcio, ferro, fósforo e potássio, porém tem um alto valor calórico devido à grande quantidade de gordura e de açúcar adicionada. Em média, 100 gramas de chocolate ao leite contêm 500 kcal.
Os que contêm maiores concentrações de cacau possuem altas concentrações de compostos bioativos como flavonóides e polifenóis que podem neutralizar os radicais livres do nosso organismo, reduzir as concentrações do colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, além de reduzir a pressão sanguínea, contribuindo para a prevenção de doenças do coração.

OPÇÕES PARA QUEM NÃO PODE COMER CHOCOLATE
Algumas pessoas têm intolerância à lactose, nutriente presente no leite, e/ou ao glúten proteína do trigo, da aveia, do centeio e da cevada, impossibilitando-as de consumir chocolates. Uma boa opção para essas pessoas é o chocolate de soja, que é 100% de origem vegetal, feito com extrato de soja, sem lactose ou glúten. E tem também a “alfarroba”, que é uma vagem que, após a trituração e torrefação, resulta numa farinha, utilizada como substituta do cacau, com as vantagens de ter pouquíssima gordura, é rica em fibras e não contém cafeína.
imagem.php E para os “marombeiros” hoje tem um ovo de páscoa trufado, rico em proteínas, fabricado pela empresa probiótica. Esse ovo é feito com whey protein, proteína de alto valor biológico e não contém açúcar.




TIPOS DE OVOS DE PÁSCOA
Ao leite: A massa de cacau é barras-chocolatesubstituída em parte por leite em pó, produzindo um gosto mais adocicado. Possui uma grande quantidade de açúcares e gorduras.
Branco: Contém manteiga de cacau, açúcar e leite, mas não leva massa de cacau. É o mais calórico dos chocolates e por não conter massa de cacau não possui os benefícios desse nutriente.
Crocante: pode ser ao leite ou branco ou amargo mais é adicionado de castanhas ou flocos de arroz para dar a consistência crocante.
Amargo: Tem maior quantidade de massa e manteiga de cacau, pouco açúcar e não contém leite. É bastante rico em polifenóis e também o menos calórico, por isso, é o mais saudável entre os chocolates tradicionais.

70/80/85% Cacau: São os ricos em cacau!!!! Geralmente o açúcar usado é o mascavo ou orgânico. É muito rico em polifenóis e indicado como protetor cardiovascular.

Diet: É feito de massa e manteiga de cacau, leite em pó integral, soro de leite e edulcorantes. Para compensar a falta de açúcar, ganha maior dose de gordura para garantir a consistência. “Se você não é diabético, prefira o chocolate convencional em pequenas quantidades ao diet.
Com whey protein: maior quantidade de proteínas, indicado para praticantes de atividade física.
Do ponto de vista nutricional, o chocolate pode ser considerado nutritivo desde que consumido com moderação.


Att,
Van nutri
Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

3 comentários:

  1. Olá

    meu esposo tem intolerância à lactose. Gostaria de saber se gordura de manteiga desidratada contém lactose ou não.
    Grata!
    Andressa

    ResponderExcluir
  2. Olá Andressa!
    Obrigada pela visita!

    A manteiga (100%) tem uma quantidade baixa de lactose, cerca de 0,9%. Essa baixa fração de lactose não fica na gordura da manteiga. Assim, esse produto se conter alguma fração de lactose é uma quantidade muuuuuuuuuuito baixa.

    Atenciosamente,
    Boa Páscoa

    Vanessa Alves Lobato
    Nutricionista

    ResponderExcluir
  3. oi, valeu pelo comentário no meu blog.
    curti a info sobre chocolate...já comi demais a ponto de ter espinhas heheh

    ResponderExcluir