terça-feira, 23 de junho de 2009

Colágeno e Firmeza da pele

ATUALIZADO EM 18/maio/2016

151_1843-balasO que é colágeno? Colágeno é uma proteína (Proteína é o "coletivo" de aminoácidos) que tem como função principal dar estrutura, sustentação celular, sendo componente de pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.
Os aminoácidos que formam o colágeno na sua grande maioria são: lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina. Mas, também contêm na sua cadeia os outros 17 aminoácidos, porém em quantidades reduzidas.

Nosso corpo sintetiza vários tipos de colágeno, porque esse compõe várias partes do corpo como a matriz orgânica dos ossos, os tecidos conjuntivos de todos os nossos ligamentos (tendões), constitui também a pele, o cabelo, o sangue e os vasos sanguíneos. Para cada local o corpo sintetiza um tipo de colágeno diferente.



Tipos de colágeno:
TIPO Funções
I Este é o colágeno mais abundante do corpo humano. Está presente no tecido cicatricial, o produto final quando tecido cicatriza por reparação. Pode ser encontrada nos tendões, pele, paredes da artéria, o endomísio de miofibrilas, fibrocartilagem e a parte orgânica dos ossos e dentes.
II Cartilagem hialina, torna-se 50% de todas as proteínas de cartilagem. Humor vítreo do olho.
III Este é o colágeno do tecido de granulação e é produzido rapidamente por fibroblastos jovens, antes do mais resistente colágeno tipo I é sintetizado. Fibra reticular. Também encontrado nas paredes das artérias, pele, intestinos e útero
IV lâmina basal; lente do olho. Também serve como parte do sistema de filtração nos capilares e o glomérulo do néfron do rim.
V maioria de tecido intersticial, Assoc. tipo I, associado com placenta
VI mais tecido intersticial, Assoc com tipo I
VII formas de ancoragem fibrilas em cruzamentos epidérmicos dérmicas
VIII algumas células endoteliais
IX Colágeno FACIT, cartilagem, Assoc com tipo II e fibrilas XI
X cartilagem hipertrófica e mineralização
XI cartilagem
XII Colágeno FACIT, interage com tipo eu contendo fibras, decorin e glicosaminoglicanos
XIII colágeno transmembrana, interage com a integrina a1b1, fibronectina e componentes de membranas de porão como nidogen e perlecan.
XIV Colágeno FACIT

Adapatado: http://www.news-medical.net/health/Collagen-Types-and-Linked-Disorders-(Portuguese).aspx


No mercado existem produtos prontos de colágeno com alegação de melhorar a firmeza da pele, textura do cabelo, e até a osteoporose, já que o colágeno constitui o osso. Mas, será que o suplemento de Colágeno hidrolisado auxilia mesmo tudo isso?
Bem, REALMENTE o Colágeno serve para tudo isso, MAS, os suplementos vendidos, consumido ISOLADAMENTE (sem os micronutrientes), não.

O que acontece é o seguinte: O nosso corpo sabe produzir o colágeno, para isso usa os aminoácidos: lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina, as vitaminas: C, E, piridoxina, betacaroteno, ácido pantotênico e biotina, e os minerais: manganês, selênio, cromo, cobre, zinco e silício.
Sim, é preciso de tudo isso para a síntese de colágeno, e mais uma coisinha: a NECESSIDADE DO CORPO, que é o que estimula o corpo a produzir. E lembre-se, que existem váaarios tipos de colágeno, então se o corpo achar melhor produzir colágeno para melhorar a elasticidade dos vasos do que para a firmeza da pele, a síntese será para os vasos!!!!!
Mas caso o corpo esteja funcionando bem e com TODA MATÉRIA-PRIMA necessária (aminoácidos + vitaminas e minerais), tudo será sintetizado e assim tudo funcionará bem, resultando numa pele bonita e saudável (externo) e órgãos funcionantes (interno).

Voltando...

É sabido que consumir SOMENTE o colágeno não funciona por dois motivos:

1º: Colágeno é uma proteína = um monte de aminoácidos ligados! Para absorvemos temos que digeri-la = quebrá-la em aminoácidos.
clip_image001  Clique na imagem para visualizá-la maior
Então, isso significa que não adianta consumirmos a colágeno pronto, pois iremos digeri-lo (quebrá-lo) e absorveremos somente os aminoácidos.
2º: é continuação do primeiro: depois de absorver os aminoácidos, SE o nosso corpo achar necessário produzir o colágeno ele terá somente os aminoácidos, faltarão às vitaminas e os minerais para a síntese.
ATENÇÃO: Não digo que a suplementação não funciona e sim digo que para o corpo usar o colágeno deve-se consumir o colágeno com os precursores par que seja ativado a produção de colágeno de acordo com a necessidade ;)


Mercado de Colágeno:
Atualmente no mercado há os colágenos hidrolisados, já pré-digeridos, o que facilita a absorção dos aminoácidos. Devido a importância dos precursores muitas marcas já adicionam a vitamina C e Sílicio a suplementação.

E mais recentemente há também os colágenos paracolageno_tipo2 articulações, o UC-II, que auxilia diretamente as articulações! Bem, ainda não é comprovado a eficácia direta de ação nas articulações, porém há muitos relatos do consumo com melhora dos sintomas de redução de dores articulares. Vamos esperar mais estudos comprovar a eficácia. Por enquanto, vamos consumir o colágeno hidrolisado que já atua nessa função também ;)
#Bem, resumindo, para a síntese de colágeno é necessário váááários nutrientes e o estímulo interno alertando a necessidade do composto. A suplementação do colágeno, ou colágeno hidrolisado, ou ainda colágeno hidrolisado com vitamina C não resolve o problema de flacidez da pele.

Algumas opções de marcas: Colagentek – Vitafor®;Colágeno hidrolisado – Sanavita®; Collagen Poweder em pó – Performance Nutrition®.



Apenas uma complementação: Vejo que muita gente ficou com dúvidas sobre os resultados da suplementação de colágeno. NÃO digo que a suplementação de colágeno não adianta, APENAS INFORMO que para que a suplementação tenha efeito deverá ser consumida associada aos outros nutrientes necessários para a sua síntese e o corpo deverá dar o estímulo para que essa produção seja realizada. Ok!!!!!!


INFORMAÇÃO: POR ALGUM MOTIVO, QUE EU NÃO SEI O PORQUÊ, NÃO CONSIGO MAIS RESPONDER OS COMENTÁRIOS AQUI ESCRITOS! SENDO ASSIM, SOLICITO QUE MANDE NA CAIXA DE MENSAGENS AO LADO, OK!



Leia também sobre flacidez tecidual e flacidez muscular!

Vanessa Lobato
Nutricionista Esportiva

































domingo, 21 de junho de 2009

Ovos


Atualizado em 06.maio.10
MP900177963[1]Fonte de proteínas, que são os "blocos construtores" de todo o organismo e são benéficos para tudo, desde os cabelos até os músculos.
Os ovos também são fontes minerais zinco e selênio e das vitaminas A, B, D e E. Além disso, contêm lecitina e colina, nutrientes importantes para o cérebro, ajudando na memória, na concentração e no estado emocional saudável, e mais, são importantes fontes dos fito-químicos luteína e zeaxantina, que contribuem para a saúde dos olhos.
Mas, e o COLESTEROL?
Muita gente deixou de comer esse alimento devido o MEDO de aumentar o colesterol!!! Mas, calma, hoje já foi comprovado que não há relação direta entre o consumo de ovos e o aumento do nível de colesterol ruim no organismo. Isso é descrito porque cerca de 70% do colesterol que está no sangue não vem da dieta, e sim é vem da produção do fígado. O que acontece quando se come ovos, ou alimentos fontes de colesterol, é que o organismo pára de produzir colesterol, porque recebe a substância através do alimento. P.o.r.é.m., cada indivíduo é um, então existem pessoas cujo fígado não consegue equilibrar essa produção devendo assim consumir ovos com moderação.
O grande problema do consumo de ovos está na no modo de preparo! O processo de fritura utiliza óleos vegetais que ao serem aquecidos sofrem alterações em seus componentes, tornando-se fontes de gorduras saturadas, extremamente prejudiciais à saúde.
Portanto, os ovos podem ser utilizados em outras diversas formas interessantes, tais como: cozidos, mexidos, pochê, omeletes, ao forno e incorporados em diversas receitas culinárias. Bem, podem não DEVEM ser consumidos pois contêm nutrientes importantíssimos para o ótimo funcionamento do nosso corpo, como no caso da visão e da saúde cerebral.
Benefícios dos ovos:
  • Selênio: participa da síntese da Glutationa Redutase, importante no processo de detoxificação do corpo (limpeza);
  • Zinco: é antioxidante, participa da reconstrução de tecidos, é indispensável para atividade de DNA e RNA, participa no desenvolvimento e integridade do sistema imunológico;
  • Riboflavina:
    necessária para a formação de hemácias, produção de anticorpos, respiração celular e crescimento, é importante para aliviar na fadiga ocular. Participa do metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas.
  • Cianocobalamina: é necessária para a síntese de proteínas e metabolismo de carboidratos e lipídeos, para o funcionamento da medula óssea e tecido nervoso, além de participar da a formação de DNA e de mielina.
  • Vitamina A: importante função na visão, e também na reprodução, no desenvolvimento embrionário e na imunidade;
  • Vitamina D: tem importância para a homeostase do cálcio e do fósforo e para a saúde musculoesquelética;
  • Vitamina E: é antioxidante, protege da ação do LDL-colesterol;
  • Arginina: Por ser precursora do óxido nítrico (que tem efeito relaxador dos vasos sanguíneos), auxilia nos casos de aumento da pressão arterial;
  • Luteína e Zeaxantina: depositam-se numa região dos olhos que contém a mácula, protegendo-a da luz azul que pode danificar o fundo dos olhos.
  • DHA (tipo de ômega 3): Faz parte
    integrante da retina e da bainha de mielina dos neurônios, melhorando a saúde dos olhos e a do cérebro.cerebral e a dos olhos.
  • Lecitina e Colina: serve para a produção do neurotransmissor acetilcolina que é vital para a manutenção do metabolismo cerebral.
IMPORTANTE: As funções dos nutrientes sempre são descritas isoladamente, porém para que um nutriente desempenhe sua função é necessário a presença de vários outros bioativos. Assim, o consumo dos alimentos é perfeito para o funcionamento correto do organismo, pois esses são fontes de vários nutrientes que agem em sinergia dentro do nosso corpo. É melhor comer os alimentos certos do que somente suplementar!!!
Vamos comeeeeeeeeeeeeeeeerrrrrrrrr, mas com moderação...

Link interessante: http://www.ovosbrasil.com.br
Informativo interessante: http://www.ovosbrasil.com.br/download/informa01.pdf



Att,
Van nutri

Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva

terça-feira, 9 de junho de 2009

Cuidado na hora de comprar alimentos in-natura

Ontem, dia 08 de junho, um hipermercado famoso localizado em Guarulhos (http://www.guarulhosweb.com.br/gwebnoticia.php?nrnoticia=24612) foi autuado pela vigilância sanitária por conter para venda cerca de 67kg de peixes estragados e mais 12 kg de frios fora do prazo de validade. Partes desses produtos estavam expostos para venda e outra parte armazenado, ou para futura venda, ou para utilização em recheios de salgadinhos e coberturas de pizzas, mesmo estando em estado de putrefação!!

Cuidados na hora da compra:

GERAIS:

  • Os funcionários que entram em contato com os alimentos precisam estar uniformizados, com calçados fechados, com cabelo coberto, de mãos limpas e sem enfeites; unhas aparadas, sem pinturas e limpas e não podem manipular dinheiro e alimentos ao mesmo tempo.
  • Nunca compre ou consuma alimentos fora do prazo de validade. É comum a impressão do prazo de validade diretamente na embalagem do produto.
  • Verifique a integridade das embalagens dos produtos. Recuse latas com estufamento, amassadas ou enferrujadas.
  • Não compre conservas em embalagens de vidro se o líquido estiver turvo ou com espuma, pois indicam a presença de microorganismos. Rejeite também aquelas com tampas enferrujadas (vazamentos).
  • Não é permitido que os alimentos estejam em contato direto com jornais, papéis coloridos, papéis ou filmes plásticos usados.

CARNES:

  • A cor da carne deve ser vermelha, com consistência firme e sem escurecimento ou manchas esverdeadas.
  • Cuidado ao comprar carnes previamente moídas. A carne moída por ficar mais exposta ao ar/oxigênio oxida mais rapidamente ficando escurecida e com maior contato com os microorganismo estragando mais rapidamente.
    • Infelizmente, alguns estabelecimentos para disfarçar isso acrescentam corantes as carnes. Por isso, prefira que a moagem seja feita na sua presença!

EMBUTIDOS E FRIOS - salsichas, mortadelas, presuntos, lingüiças, apresuntados etc:

  • Devem ser mantidos sob refrigeração constante. São altamente perecíveis.
  • Não compre esses produtos se estiverem desprendendo líquido, com a superfície úmida, pegajosa, se estiverem amolecidos ou apresentarem manchas esverdeadas, assim como, cheiro desagradável e de ranço, pois isso indica início ou presença de decomposição.
  • Recuse as unidades que estiverem com embalagem violada.
  • Os embutidos e frios, vendidos já fatiados, devem estar em embalagens constando identificação do produto, informação sobre o fabricante e sobre o estabelecimento onde foram fatiados, data do fatiamento e prazo de validade para consumo.
    • Nesse caso, o que alguns estabelecimentos fazem com o embutido ou frios vencidos é moer esses produtos e utilizá-los para preparações como pizzas, salgadinhos, tortas...

PESCADOS:

  • Necessitam de refrigeração constante em torno de 0º C, para isso os peixes devem estar acondicionamento em recipientes ou bancadas com gelo, tendo mais gelo do que pescados, ou mantidos em balcões frigoríficos.
  • Para saber se o peixe está próprio para consumo: repare se a carne está firme e resistente à pressão dos dedos, os olhos brilhantes e ocupando totalmente a órbita, as guelras vermelhas, as escamas grudadas na pele, a cloaca fechada (orifício por onde são eliminadas urina e fezes). Se o peixe estiver com as guelras destruídas, olhos afundados, cheiro de amoníaco, carne cedendo à pressão dos dedos e a barriga inchada, está impróprio para o consumo.
    • O camarão próprio para o consumo tem a cabeça aderente ao corpo, carapaça aderente ao músculo do corpo e músculos firmes. O corpo é curvo e sua cor é rosada ou acinzentada. O camarão descascado ou a carne de siri podem ser comercializados se estiverem congelados, conservados em freezer, empacotados, constando data de validade e com número do serviço de inspeção. Caso contrário, sua venda é proibida.
    • As ostras e mexilhões postos à venda, próprios para o consumo, têm as conchas fechadas e com retenção de água límpida em seu interior; a carne é úmida, esponjosa e aderente à concha, e o cheiro pronunciado. A coloração normal é a cinzenta clara nas ostras e amarelada nos mexilhões e mariscos.
    • Os polvos e lulas próprios para o consumo apresentam a pele lisa e úmida, carne elástica, olhos vivos e salientes nas órbitas e coloração roxo-clara.


Sei que na realidade nós não deveríamos nos preocupar com tudo isso, porém não vivemos no país das maravilhas de Alice, então se queremos comprar produtos de boa qualidade devemos nos atentar! E deixemos que a Vigilância sanitária e o PROCON continuem trabalhando para "forçar" que esses estabelecimentos trabalhem, simplesmente, de forma correta!


Vanessa Alves Lobato

Nutricionista

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Você sabia que o nosso intestino é considerado o nosso segundo cérebro?


O intestino, órgão com mais de 15 metros, além de transportar e absorver os alimentos consumidos tem relação direta com a regulação do nosso humor e com as nossas defesas imunológicas.
Como?
1º Função de defesa:   Esse órgão é responsável por cerca de 80% de toda regulação do sistema imunológico por conter cerca de 60% do total de imunoglobulinas (IgAs, IgE e IgG) do nosso corpo. Essas são anticorpos, que na presença de antígenos - bactérias patogênicas, fungos, vírus etc - protegem o nosso corpo eliminado-as do corpo.
Boa parte da defesa produzida no nosso intestino é responsabilidade dessas bactérias.
Essas bactérias ajudam o nosso fígado a detoxificar (eliminar substâncias tóxicas) nosso corpo produzindo uma enzima chamada de citocromo P450; produzem antibióticos e antifúngicos naturais; estimulam o nosso sistema imunológico, deixando-o mais preparado para se defender. E quando alimentamos essa microbiota consumindo fibras – prebióticos - essas bactérias produzem os Ácidos Graxos de Cadeia Curta (AGCC) que auxiliam no metabolismo do colesterol e da glicose, normaliza o pH do intestino, e além disso alimentam as células intestinas deixando-as mais fortes para combater os possíveis patógenos consumidos via alimentação.Ufa!
2º Função no Humor:
Cerca de 90% da síntese do serotonina (hormônio que age no cérebro responsável pelo humor) é realizada no intestino.
Depressão: uma das causas é a queda da serotonina... Será que um intestino saudável auxilia no tratamento, ou melhor, ainda na prevenção??? Com certeza!!!!!!
E além de tuuudo isso, no intestino há produção de vitaminas K, vitaminas do complexo B e ácido fólico.
Por tuuudo isso, é importantíssimo termos um intestino saudável. Mas, como?!Nem preciso dizer que a alimentação deve ser saudável e balanceada, !

Primeiro, devemos consumir vegetais folhosos, legumes, verduras, frutas e alimentos integrais, pois esses alimentos são fontes de fibras que alimentam os probióticos;
Os probióticos são encontrados em alimentos prontos, como leite fermentado, iogurtes e queijos. É importante variar o consumo desses produtos para variar os probióticos consumidos, já que cada produto adiciona uma cepa diferente;
Beber água, cerca de dois litros por dia;
Preferir não consumir alimentos que "maltratem" o seu intestino: frituras, corantes, conservantes etc.
lactivos intestino saudável
CURIOSIDADE: foi dito acima que fibras alimentam probióticos. Agora eu pergunto o que alimentam as bactérias ou fungos patógenos?
Bem, infelizmente (rs), é o açúcar! Que além de alimentar essas bactérias, modificam o pH intestinal propiciando a proliferação de microorganismos patógenos.
A natureza é sábia, !
Então, por exemplo, mulheres que está com candidíase – infecção causada pela proliferação exagerada do fungo Candida Albicans – não poderiam comer doces porque esse alimentará esse fungo e aumentará a infecção!

Bem, por hoje é só!
Até mais,
Att,
Van nutri
Vanessa Lobato Nutricionista Esportiva
#Nutrição Esportiva