quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Tempo seco e quente em São Paulo

Todos reclamam do calor e da baixa umidade do ar em São Paulo, mas todos se lembram de tomar líquidos?

Seguem algumas dicas importantes para esse período:

Primeira – H.I.D.R.A.T.A.Ç.Ã.O:

Ingerindo água, sucos naturais, consumir muitas frutas como melancia, abacaxi, laranja etc

Ande sempre com uma garrafinha de água. E no ambiente de trabalho, lembre-se de tomar água, mas, tenha a sua própria caneca para evitar desperdícios de copinhos... http://nutrivanessalobato.blogspot.com/2009/11/beba-saude-e-ajude-o-meio-ambiente.html

A reposição hídrica em volumes equivalentes às perdas de água pela sudorese pode prevenir quedas de volume sangüíneo no corpo e ajuda na regulação da temperatura interna do corpo.

Para as atividades prolongadas, de mais de uma hora de duração, ou para as atividades de elevada intensidade como o futebol, o basquetebol e, o tênis, água não é suficiente para a hidratação!

O suor é composto principalmente por água, mas também contêm outros compostos como uréia e minerais como o sódio, assim quando a atividade física é prolongada é necessário o consumo de bebidas isotônicas, que contêm carboidratos, sódio e potássio, para uma hidratação completa.

Outras dicas importantes:

* Hidratantes para pele;

* Uso de filtros solares;

* Evite banhos quentes e/ou demorados;

* Evite exposição solar das 10h às 17h;

* Evite atividades físicas no horário de 11h às 15h;

* Coloque soro fisiológico nas narinas;

* Faça compressas de água filtrada nos olhos, se eles estiverem irritados;

* Coloque umidificador de ar nos ambientes ou bacias com água em ambientes fechados.

Efeitos da desidratação no organismo:

· Redução de 1 a 2% do peso corporal durante a atividade física: inicia-se o aumento da temperatura corporal em

até 0,4 ºC para cada percentual subseqüente de desidratação.

· Em torno de 3%, há uma redução importante do desempenho;

· 4 a 6% pode ocorrer fadiga térmica;

· A partir de 6% existe risco de choque térmico, coma e morte.

Exemplo de cálculo:

Peso antes da atividade física: 70 kg

Redução de peso durante/após a atividade:

   1 – 2%: 700g a 1,5kg

   3%: 2,0 kg

   4 – 6%: 3,0 a 4,5 kg

   > 6%: acima 5kg

Bem, é isso!

Vamos hidrataaaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrr

Atenciosamente,

Vanessa Alves Lobato

Nutricionista

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u647366.shtml

SOCIEDADE Brasileira de Medicina Esportiva. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ações ergogências e potenciais riscos para a saúde. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva. v.9, n.2, mar – abr 2003.

Nenhum comentário:

Postar um comentário