sexta-feira, 22 de maio de 2015

UC-II - O novo colágeno?



Há muito tempo escrevi uma postagem sobre a proteína colágeno e vi que muitas pessoas se interessam pelo assunto.

Descrevi que temos cerca de 14 tipos diferentes de colágeno. E, que o colágeno hidrolisado que consumimos na forma de suplementos já foi digerido, sendo assim absorvemos os aminoácidos para a produção – lisina, glicina, prolina e hidroxiprolina.


Já na nossa corrente sanguínea, nas nossas vias metabólicas, o corpo irá decidir para qual dos 14 tipos de colágeno será feita a conversão. Lembrando sempre que são necessários vários nutrientes para isso. 
E, que na maioria das pessoas o limitante na produção dessa proteína e mais os micronutrientes do que os aminoácidos.


Pois bem! Fui apresentada ao UC-II. De início fiquei desconfiada, pois não havia entendido o modo de ação.
Eu comparava ao modo de ação do colágeno hidrolisado, que você consome uma dose de 5 a 10g, com os micronutrientes, e o organismo decidirá qual forma do colágeno vai produzir, e usará os aminoácidos como matéria-prima. Mas, a dosagem de consumo do UC-II é de somente 40 mg!!! Bem inferior as 10g do Colágeno hidrolisado.
Outra questão era a especificidade do UC-II de ser muito mais indicado para a produção do colágeno tipo II! A dúvida era: como garantir essa produção?

Então, vamos lá:
O UC-II age por estímulo intestinal e não como matéria-prima para construir o colágeno =)

Em algumas postagens minhas e nas minhas consultas eu sempre enfatizo a importância do intestino! Dentre elas destaca-se a de defesa. Cerca de 60% do nosso sistema imunológico está presente nos intestinos. 

Na osteoartrite ou na Artrite Reumatóide há uma maior liberação de colagenases (enzimas de quebra da proteína colágeno), devido ao alto grau de inflamação que é uma característica principal dessas doenças. Assim como para quem treina intenso atividades com impacto, pois causam catabolismo e inflamação nas articulações.

O UC-II tem como característica principal reduzir as citocinas inflamatórias (Interleucinas 10 – IL-10 e o fator de transformação de crescimento - TGF-β) desativando as células T específicas do GALT (Tecido linfático associado ao tubo digestivo).


Resumindo:
  • Colágeno Hidrolisado: doa parte da matéria-prima para a construção de algum dos 16 tipos de colágeno no organismo.
  • UC-II: desativa processos inflamatórios que destroem o colágeno do tipo II – colágeno das articulações.


Minha experiência:
  • Tomei o UC-II. Eu não tenho problemas articulares, mas notei um ótimo fortalecimento das unhas =)


Dosagem: 
  • Nos estudos foram testados 40mg/dia.


Fonte do UC-II :
  • Osso dos externos do Frango.


Postagens relacionadas:




Bem, sobre UC-II é isso!
Espero tê-los ajudado.
Logo mais tem mais ;)





quinta-feira, 2 de abril de 2015

Páscoa!!!! Ovos de páscoa - Chocolates!


 Hora tão feliz! Comer os chocolates!

Tem quem não resiste a uma chocolate!!!!!!
Quem passa em consulta comigo sempre escuta: "Se for sair da dieta que seja por algo que realmente valha à pena". Então, se for comer um chocolate que seja aquele que te faz salivar! Que seja maravilhoso!!!!

O mercado de chocolate e de ovos CRESCEU absurdamente.

Atualmente, têm várias opções!

Têm os convencionais ao leite, crocantes, com waffle, com recheio na casca, com recheio no ovo inteiro, com cobertura e recheio, e por aí vai! Rsrs
 
Eu sempre peço para fugir das versões diet, pois têm muito mais gordura que as versões originais!
Têm os sem lactose ou açúcares! Pode ser uma opção para quem está reduzindo o consumo de lactose e de açúcares em geral.

E, agora tem até com whey!
A Probiótica lançou, já faz alguns anos, e foi aprimorando a receita. A atual está "ÓTEMA"!!! *-* A mega vitaminas criou o Ovo de Páscoa Fit com cafeína e goji berry, dizem ter ação termogênica, e a VitaBrasilNet o Ovo de Páscoa Whey também.

O que eu realmente aprecio são os chocolates mais amargos! Então, os ovos com acima de 70% cacau são "a menina dos meus olhos".

Mas, têm para todos!

O  que eu aconselho nessa Páscoa?
Apenas não abuse! Aprecie o que escolher consumir!
Consuma o que realmente valha a pena.
E, evite comer um ovo inteiro em uma tarde ;)

Boa Páscoa a todos!!!


Nutri Vanessa Lobato

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Limpar os abusos de 2014!!!!

Novo ano! Vida nova!

Após muitos doces, lanches, guloseimas, bebidas alcóolicas e tudo mais, agora é hora de ajudar o nosso corpo a eliminar esses excessos, bora desintoxicar?
Seguem 10 dicas para “limpar” o nosso organismo:
  1. Uma dica é um dia após os exageros consumir uma refeição leve!!! Somente com frutas, legumes, verduras, sucos desintoxicantes, arroz integral e tubérculos (batatas, mandioca etc).
  2. Aumentar o consumo de ÁGUA MINERAL.
    • O consumo de sucos não substituí o de água!!! É importante fracionar o consumo durante o dia.
    • Quer potencializar a sua água??? Faça ela ajudar o seu sangue alcalinizar!!!
    • Adicione a sua água suco de um limão ;) 
    • Para cada 2 litros de água, adicione o suco de um limão.
  3. Mastigar bem os alimentos;
  4. Água de coco, limonada, suco desintoxicantes, chás ajudam a limpar o corpo.
    • Sucos desintoxicantes: Laranja com cenoura e maçã ou Cenoura, couve, maçã e salsinha.
  5. Reduzir o consumo de pães e biscoitos! Substitua por frutas e cereais integrais como granola e aveia;
  6. Durante o período de dexintoxicação evitar alimentos industrializados! A alimentação tem que ser o mais natural possível rica em legumes, verduras, cereais, leguminosas e alimentos protéicos com baixo teor de gordura;
  7. Aumentar o consumo de brássicas: agrião, brócolis, couve chinesa, couve de bruxelas, couve manteiga, couve-flor, repolho, rúcula e rabanete. Esse tipo de alimentos são fontes de compostos enxofrados, importante para evitar o câncer e favorecer a eliminação de toxinas do organismo;
  8. Adicionar alho, preferencialmente cru, as refeições; Pode ser na salada ou na refeição, pelo menos um dente de alho no almoço e no jantar;
  9. Acrescentar especiarias como orégano, alecrim, cúrcuma para temperar os alimentos e gengibre e cravo para substituir o açúcar em chás ou outras bebidas;
  10. Aumentar a prática esportiva;
    As dietas desintoxicantes têm por finalidade purificar o sistema digestório e eliminar do organismo os produtos residuais através da ingestão de líquidos (água, principalmente) e de alimentos naturais que possuam pouca gordura e sejam ricos em fibras como as frutas, vegetais e legumes. A boa mastigação e ingestão abundante de água são considerados de extrema importância.
Ótimo 2015 à Todos!!!!!!!!
Vanessa Lobato
Nutricionista

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Açúcar

Sempre sou questionada: Qual o melhor açúcar???
Vou falar um pouco de cada para facilitar a escolha.

acucar-tratada
O Brasil é o maior produtor de açúcar do MUNDO! Já que somos os maiores produtores de cana.


Sempre digo que o que vem da natureza é bom! O açúcar vem da cana e então, qual o problema dele?

Basicamente o que o Homem fez com ele: REFINAÇÃO!

Na natureza  os carboidratos vêm protegidos, com fibras! Isso faz com que a sua absorção seja mais lenta (Índice Glicêmico de baixo a moderado), porém veio o Homem e refinou tudo – Tirou todas as fibras!
Se consumíssemos a cana de açúcar a velocidade de entrada do carboidrato na corrente sanguínea seria lenta, já que chupar cana é difícil rs Porém, como foram criados métodos ultra facilitadores dessa extração, nós consumimos um tipo de energia que a absorção é absurdamente veloz!
E, o nosso corpo, como reage?? Guardando essa energia que entra rapidamente no corpo.


SIM, precisamos de carboidratos, mas NÃO precisamos de açúcares com elevado Índice Glicêmico – que entrem muito rápido na corrente sanguínea.
Como o corpo não está acostumado com isso, ele se defende e armazena esse açúcar na forma de glicogênio OU gordura =(

Fisiologicamente estamos acostumados a consumir carboidratos com Baixo IG. Já que nossos ancestrais não tinham maquinários para uma extração eficiente das fibras, para o refinamento. O processo de refinamento é algo NOVO, cerca de 100 anos, comparado com a nossa fisiologia que tem mais de 30mil anos…
Então, já sabemos que um dos problemas do açúcar é a sua velocidade de entrada – IG.
O outro problema é o taaaaanto de produtos químicos adicionados para ele ficar “branquinho”. E, nesse ponto o mascavo e o orgânico têm pontos positivos!
Vamos as diferenças:

  • Melaço/Melado: é o primeiro do processo,  corresponde ao caldo de cana filtrado, decantado e limpo, evaporado e concentrado até a consistência de xarope não cristalizável.
  • Açúcar mascavo: é um açúcar bruto que não passa por refinamento, e por isso mantém os sai mineirais.
  • Açúcar demerada: vem do melaço e passa por um refinamentaçúcar-2_altao leve e não recebe algum aditivo químico.
  • Açúcar orgânico: desde  plantio, colheita e todo o processo industrial não recebe produtos químicos que agridem o corpo! Fica mais claro que o mascavo, mas sem sofrer adição de produtos químicos agresivos.
  • Açúcar cristal: Vem do melado ou do açúcar mascavo, e passa pelo processo de refinamento que tira cerca de 90% dos sais mineiras.
  • Açúcar refinado: Vem do melado ou do açúcar mascavo, mas passa por várias etapas de refinamento e branqueamento, perdendo totalmente os sais minerais e ganhando substâncias químicas agressivas ao organismos como soda cáustica, enxofre etc.
  • Açúcar light: é a combinação de açúcar refinado com adoçante! =/
Regra básica: quanto mais escuro o açúcar, mais nutrientes esse contém.

Caloricamente:
A variação é de 10% de energia! Não é muita coisa.
Quanto a nutrientes:
Entre o mascavo e o refinado há uma grande variação, mas isso não justifica usar o açúcar masvaco como fonte de nutrientes, já que existem muuuuuitos outros alimentos fontes dos mesmos.

Resumindo:
O uso de açúcar, no meu ponto de vista não é necessário;
Para que se habituou usar, já que para muitos desde a primeira “mamedeira” ou “papinha doce” já foi adicionado o açúcar, aconselho que escolha os menos agressivos, aqueles que contêm menos aditivos químicos como o mascavo ou orgânico;
Quanto aos adoçantes (tem uma postagem sobre clique aqui): a lei é quanto menos melhor! Apesar de não ter energia contêm elevados números de substâncias químicas que o corpo não reconhece tão bem, dificultando o metabolismo.
Açúcar
Bem, é isso!
Van nutri
@nutrivanessalobato
/NutricionistaEsportivaVanessaLobato